Inadimplência atinge aposentados

Metade dos idosos enfrenta problemas para pagar as contas

Mais da metade (54%) dos idosos relatam que deixaram de pagar ou pagaram com atraso alguma despesa nos últimos seis meses.

As informações foram divulgadas pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC (Serviço de Proteção ao Crédito).

O número equivale a um aumento de 17 pontos percentuais com relação ao mesmo levantamento realizado em 2018. O resultado evidencia o impacto da falta de planejamento financeiro e de preparo para a vida após a aposentadoria na manutenção do padrão de vida.

Leia: Cartilha ensina finanças

Entre os principais motivos que impossibilitaram o pagamento ou geraram o atraso das contas estão a diminuição da renda (31%), a falta de planejamento dos gastos (14%) e a redução da renda de algum familiar (10%). As principais contas em atraso destacadas pelos idosos entrevistados foram luz (24%), cartão de crédito (20%), água (17%) e IPTU (15%).
O estudo mostra ainda que 49% dos idosos relatam que não possuem recursos guardados, enquanto 39% possuem, sendo que 31% mantêm as reservas para imprevistos, 8% para a realização de sonhos e 6% para a aposentadoria.

Para 63% dos que não têm reservas, a justificativa é de que nunca sobrou dinheiro.

(* Com informações do Portal R7 – Leia mais aqui )


Veja também na RIAAM-ES

Compartilhe em suas redes sociais:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos Posts